14
Mai 09
 
 
"This kind of film requires us to be very forgiving, and if we are, it promises to entertain. Angels & Demons succeeds."
75% - Roger Ebert, Chicago Sun-Times
 
"Plucking the same violent, occult strings as "Da Vinci" while avoiding its leadenness, Angels keeps the action coming for the best part of 139 minutes."
70% - Deborah Young, The Hollywood Reporter
 
"Less turgid and aggravating than its predecessor, this cleverly produced melodrama remains hamstrung by novelist's Dan Brown's laborious connect-the-dots plotting and the filmmakers' prosaic literal-mindedness in the face of ripe historical antagonisms, mystery and intrigue."
60% - Todd McCarthy, Variety
 
More entertaining than "The Da Vinci Code," but still tosh.
40% - Kim Newman, Empire

Com a grande decepção que foi The Da Vinci Code, nem sei muito bem se hei-de ir ver A&D ao cinema. Li os dois livros e achei que eram boas obras de entretenimento. A sua mais-valia é mesmo essa componente e o facto de quando estamos a ler parecer que estamos a ver um filme, pela forma como Dan Brown vai alternando a acção entre capítulos. Ora, se isso não é aproveitado na adaptação ao cinema então tudo se perde na transposição.
 
As críticas, vindas dos EUA, são mistas. Ninguém diz que o filme é péssimo, mas também não há grandes elogios.
publicado por Luís Costa às 14:14

2 comentários:
As críticas dos bloggers portugueses têm sido surpreendentemente positivas!
Tiago Ramos a 14 de Maio de 2009 às 22:26

Confesso que ainda não vi uma única crítica publicada nos blogs que costumo ver diariamente. Mas acredito que o filme seja bastante razoável.
Luís Costa a 14 de Maio de 2009 às 23:16

pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

mais sobre mim