18
Nov 09
Invasion of the Body Snatchers (1956)

 

Invasion of the Body Snatchers é um dos filmes de ficção-científica mais populares dos anos 50. Conta a história de uma invasão extra-terrestre feita de uma forma algo peculiar. Desta feita os aliens são vagens e tentam invadir o nosso planeta substituindo as pessoas por sósias criados por essas mesmas vagens. A ideia parece algo estranha mas a verdade é que este filme já foi alvo de três (!!) remakes. Dentro do género é um excelente filme pois cria uma atmosfera de desconfiança e paranóia que gera grande tensão.
 
Hulk Vs. (2009)

  

Este é um filme que foi directamente para dvd. São duas história do Hulk, uma contra Thor e outra contra Wolverine. A animação é razoável e as histórias são o normal da marvel. É interessante para quem gosta deste universo de super-heróis.
 
Silent Running (1972)

 

Vi este filme pela sua componente ecológica. É uma história de ficção-científica, num futuro onde as plantas se extinguiram na terra e é necessário existirem bases espaciais, que funcionam como estufas, onde se preserva a última flora existente. A ideia é porreira mas o filme é demasiado ingénuo e politicamente correcto. Não deixa por isso de ser um filme simpático que não custa muito a ver.
 
Up (2009)

 

Quando vemos filmes como Wall-e pensamos: será que a Pixar conseguirá fazer melhor ou pelo menos igual a isto? Bastou apenas um ano para verificarmos que sim. Up é um filme espectacular no geral e excepcional nos seus primeiros trinta minutos. Mais uma obra-prima da Pixar.

 
Boogie Nights  (1997)

 

Paul Thomas Anderson é um dos meus realizadores favoritos e só me faltava ver este filme para acabar a sua filmografia. Como é óbvio comecei a assistir ao filme com bastantes expectativas e infelizmente estas foram um pouco defraudadas com o passar dos seus 155 minutos. A duração do filme é, na minha opinião, o seu maior problema. A história (baseada em alguns factos reais) é interessante e o elenco é brilhante mas o filme teria sido muito melhor se tivesse menos (no mínimo) meia hora. De qualquer forma justifica perfeitamente a nota que lhe dei pois esta decepção só aconteceu pelas elevadas expectativas que tinha.
 
Inglourious Basterds (2009)

 

Segunda Guerra Mundial recriada por Tarantino em cinco actos. O “wet dream” de qualquer fã do realizador. É um filme para quem gosta do estilo de Tarantino, da forma como faz milhares de referências a outros filmes, como escreve os diálogos, como cria as personagens, como dirige os actores e como faz filmes como mais ninguém. Eu gosto e gostei e espero ansiosamente por novo projecto.

 

publicado por Luís Costa às 16:51

comentário:
BASTERDS será sempre lembrado como um dos pontos altos de 2009.
Gustavo a 24 de Novembro de 2009 às 19:50

pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

mais sobre mim