28
Mar 10

 

Patético, mas ainda assim divertido. É difícil encontrar um filme de terror americano que seja realmente assustador. Talvez seja por o público-alvo ser sempre o mesmo: adolescentes sedentos de pipocas e “no-brainers”. Vale por não ter cortado as cenas mais violentas e por ser pequeno e por isso suportável.

 

publicado por Luís Costa às 22:30

2 comentários:
Não é genuinamente assustador porque não é esse o seu objectivo. Mas dentro do género, é agradável e consegue surpreender e fugir a alguns dos clichés habituais. Por mim, até gostei.
Tiago Ramos a 28 de Março de 2010 às 22:56

O filme não é mau. Foi mais uma questão de ter pensado que era realmente de terror. Mas não deixa de ser verdade que os filmes de terror americano são um pouco, digamos ... formatados.

Eu gosto muito de filmes que misturam terror com comédia (este faz um pouco isso). Evil Dead, Braindead, Shaun of the Dead....
Luís Costa a 28 de Março de 2010 às 23:03

pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

mais sobre mim