28
Mar 10

O High Fidelity está quase a fazer quatro anos. Como é possível? Quatro anos. Quarenta e oito meses. Mil quatrocentos e sessenta dias. É simplesmente incrível como o tempo voa. Parece que foi ontem que tive a ideia de criá-lo. E que boa ideia foi. Não que seja um blog de qualidade irrepreensível. Sei que tem as suas falhas. Mas tem sido um prazer escrever e partilhar os meus gostos cinematográficos. E porque não, parte da minha vida. Este blog é uma terapia. E uso-o frequentemente (nem sempre de forma directa) para me expressar.
Ultimamente tenho escrito pouco. Muito pouco. Não sei há quanto tempo não faço uma crítica como deve ser. Mas tenho actualizado o blog como nunca o fiz. Sabe-me tão bem quando, por vezes, no trabalho, no carro ou numa qualquer saída nocturna sinto qualquer coisa e depois vem-me á cabeça uma imagem ou frase de um filme que está relacionada com esse sentimento. O cinema faz parte da minha vida e é bom sentir que penso nele de forma tão espontânea como respirar.
Ainda não fez os quatro anos. Mas vai fazer. E espero que faça mais quatro, oito, dezasseis. É sinal que ainda cá estou e que ainda vou tendo alguma coisa a dizer.

publicado por Luís Costa às 23:04

5 comentários:
Sim, que venham mais. Embora goste bastante de ler críticas, as imagens que colocas aqui funcionam sempre como uma boa sugestão. Outra coisa que acho sempre interessante é a rubrica Videoclip Directors.
Força! Continua.
Tiago Ramos a 29 de Março de 2010 às 00:46

Vim aqui ter pelo destaque do Sapo, e fiquei encantado com este blog que para quem gosta de cinema lerá como eu li as tuas críticas e não só, já te adicionei aos meus favoritos e irei colocar-te na minha lista de links do meu blog. Parabéns pelos 4 anos.
Carlos Filipe Jesus a 30 de Março de 2010 às 02:10

Bem-vindo!!! :)
Continua a visitar.

Abraço.

Keep on ridin' my friend! :D Tira-me das trevas cinematográficas!
edu a 1 de Abril de 2010 às 11:52

pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

mais sobre mim