18
Abr 10

Green Zone é um filme sobre a guerra do Iraque. Mais precisamente sobre a existência ou não de armas de destruição maciça (ADMs) nesse país. Paul Greengrass já deu provas de ser um excelente realizador nos dois últimos filmes de saga Bourne (em que também trabalhou com Matt Damon) e em United 93. Tem um estilo muito próprio de filmar, com a câmara sempre agitada e sempre atrás da acção. Num filme de guerra como este isso confere uma dinâmica bastante interessante que parece levar o espectador mesmo para o centro da acção. Só por ai o filme valeria a pena, mas depois tem outra característica que o torna importante. O facto de não fazer dos americanos heróis. A suposta razão para o inicio do ataque norte-americano ao Iraque foi o facto de existirem ADMs nesse país, e a verdade é que até hoje, alguns anos depois do inicio da guerra, ainda não há armas dessas encontradas. O que este filme faz é colocar um pouco o dedo na ferida e levar-nos a pensar quais foram realmente as razões pelas quais o EUA atacaram o Iraque.

publicado por Luís Costa às 17:04

pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

mais sobre mim