08
Set 07
HAL 9000

Hal 9000 é um computador com uma inteligência artificial bastante avançada e o vilão de um dos melhores filmes de Sci-fi de sempre.
Apesar de Hal não ter uma forma física visível, para além do seu olho, este controla toda a nave espacial Discovery.

A voz calma e o piscar de "olho" quando fala fazem com que este vilão aparente sempre uma enorme serenidade, mesmo quando se prepara para matar os tripulantes da nave.

Sem dúvida uma grande criação de Arthur C. Clark, reproduzida de forma genial por Stanley Kubrick.



publicado por Luís Costa às 23:35

03
Mai 07
Hannibal Lecter

Hannibal Lecter é dos vilões mais intrigantes da história do cinema. Lecter é um indivíduo erudito e cheio de requinte, um psiquiatra aparentemente integrado na sociedade que tem um lado obscuro: é uma assassino em série que tem por hábito canibalizar as suas vitimas.
A sua personagem é de tal forma interessante e complexa que nos leva a ter uma certa admiração pela sua inteligência e modus operandis. Lecter mata sempre ou por vingança ou como forma de punição.
Anthony Hopkins é sem dúvida alguma responsável pela fama e grandiosidade deste vilão. A sua interpretação é genialmente arrepiante.






Norman Bates
Psycho (1960)

Norman Bates é o assassino com dupla personalidade do famoso filme Psycho, de Alfred Hitchcock.
Como é do conhecimento geral, Hitchcock era um mestre do suspense e Psycho é um dos seus melhores feitos nesse sentido.
A personagem de Bates é simpática, parece ser uma pessoa absolutamente inofensiva, mas por trás da sua personalidade pacifica esconde-se a da sua mãe.
Bates sofreu de abusos emocionais, por parte da mãe, durante toda a sua infância. A sua relação com esta tornou-se doentia depois do pai morrer. Bates ficou tão próximo da sua mãe que quando ela trouxe para casa um homem ele acabou por mata-los aos dois devido aos ciúmes.  Dada a sua dependência, Bates acabou por "incluir" a personalidade da mãe na sua.



publicado por Luís Costa às 00:04

13
Abr 07
A lista de vilões é enorme e portanto vou colocando no blog alguns dos que considero melhores e mais memoráveis. Por agora, fiquem com os dois seguintes Vilões:

Amon Goeth

Schindler's List (1993)

Goeth é, na minha opinião, um dos maiores vilões da história do cinema. Ralph Fiennes faz um trabalho espectacular na interpretação desta personagem. Amom Goeth é uma personalidade histórica, um comandante de um campo de concentração e um ferveroroso nazi. O facto desta personagem ser baseada em alguém que existiu mesmo torna-a ainda mais assustadora. Goeth era sem dúvida alguma um psicopata que, por ocupar um cargo importante nos tempos conturbados em que viveu, tinha total liberdade para matar.






Jack Torrance
The Shining (1980)

Jack Torrance é até certo ponto um pai e marido normal. Jack tinha alguns problemas com o álcool e controlo de temperamento e por isso decidiu aceitar uma proposta de um cargo de manutenção no Hotel Overlook (um hotel que fica isolado durante o inverno devido à neve). Jack tenta acabar o seu livro, mas com o passar do tempo volta a beber e começa a enlouquecer e acaba por tentar  matar a sua família. O que torna esta personagem um grande vilão é, para além da sua loucura, a magnífica interpretação de Jack Nicholson.





publicado por Luís Costa às 14:55

12
Abr 07


A história do cinema está repleta de grandes vilões. Um vilão é o antagonista do herói, uma personagem maléfica, por vezes demente e sem escrúpulos mas que é imprescindível e, que mesmo sendo malévola, exerce um enorme fascínio na grande maioria do público. Muitas vezes o vilão consegue ser mais memorável que o próprio herói. Também se pode afirmar que o que define um grande herói é a grandiosidade do seu oponente, dai a importância do vilão em qualquer filme.


O leque de vilões no cinema é variadíssimo. Existem várias “categorias” de vilões, tais como:

- “Génios do Mal” (indivíduos que escolhem usar a sua genialidade para o mal e geralmente querem conquistar tudo o que os rodeia);

- Cientistas Loucos;

- Super Vilões (possuem super poderes);

- Psicopatas;

- “Vilões Surpresa” (geralmente são apenas descobertos no fim do filme);

- Femme Fatale (Mulheres lindas e sedutoras que acabam por se mostrar mortíferas);

- Vilão Trágico (geralmente praticam o mal sem consciência do que estão a fazer, ou, porque um conjunto de circunstancias os levou a fazê-lo);

- etc…


publicado por Luís Costa às 23:55

pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

mais sobre mim